Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aprovação » Câmara aprova perda automática de mandato de parlamentar condenado Petista Sibá Machado foi o único deputado a votar contra a PEC

Estado de Minas

Publicação: 19/02/2014 19:00 Atualização:

A Comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou há pouco, por 12 votos a 1, a proposta que muda a Constituição para determinar a perda automática de mandato de deputados e senadores condenados por crime de improbidade ou contra a administração pública (PEC 313/13). A proposta, cujo relator foi o deputado Raul Henry (PMDB-PE), segue para votação no Plenário da Câmara em dois turnos.

Se a proposta virar lei, não será mais necessário, nos casos de condenação transitada em julgado, que a Câmara e o Senado votem no Plenário o processo de cassação. As mesas das duas Casas do Legislativo vão declarar a perda do mandato assim que receberem o comunicado da Justiça, no caso o Supremo Tribunal Federal, sobre a conclusão do processo.

O único a votar contra a proposta foi o deputado Sibá Machado (PT-AC). Ele disse ser contra a PEC, entre outros pontos, porque ela ofenderia o princípio constitucional da separação dos poderes, usurpando do poder Legislativo o direito de decidir sobre a perda do mandato de um parlamentar por determinação do poder Judiciário

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »