• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Câmara » Com a renúncia de Azeredo, o "deputado do castelo" pode assumir o cargo Edmar já foi acusado de apropriação indébita de contribuições previdenciárias, no valor de R$ 384 mil. Mas como o crime prescreveu, ele não foi condenado

Correio Braziliense

Publicação: 19/02/2014 18:30 Atualização:

Após a renúncia do ex-deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) na tarde desta quarta-feira (19/2), quem pode voltar aos palcos políticos é o ex-deputado Edmar Moreira (PR-MG). Ele ficou conhecido por ter um castelo no estilo medieval de R$ 25 milhões no interior de Minas Gerais registrado em nome dos filhos, não declarado à Justiça.

Pela ordem, o primeiro-suplente de Azeredo é Ruy Muniz (DEM-MG), prefeito de Montes Claros. Mas para assumir a vaga ele teria que renunciar ao cargo atual e Muniz não tem interesse em fazer isso. Sendo assim, o mandato deve ir para Edmar que é o segundo-suplente.

Edmar já foi acusado de apropriação indébita de contribuições previdenciárias, no valor de R$ 384 mil. Mas como o crime prescreveu, ele não foi condenado.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.