Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Foco no Executivo » Renildo Calheiros diz que não será candidato a deputado federal

Tércio Amaral

Publicação: 18/02/2014 14:57 Atualização: 18/02/2014 15:03

O prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), declarou na manhã desta terça-feira (18) que não será candidato a deputado federal nestas eleições. O nome do gestor vem sendo ventilado nos bastidores por conta da possível candidatura da deputada Luciana Santos, de seu partido, ao Senado pela Frente Popular. O comunista ocuparia o posto do partido na Câmara Federal e, ao mesmo tempo, poderia se dedicar ao legislativo, este último considerado uma de suas "paixões na política", segundo aliados.

 

"Eu vou terminar o mandato, eu tenho muita consciência do compromisso que tenho com a cidade e com os projetos que estão sendo executados e vou terminar o mandato até o fim. Possibilidade nenhuma. Quer dizer... Você está se referindo a eleição... disputar. Disputar a eleição não", declarou o prefeito ao Diario antes de ler a mensagem do Executivo no início dos trabalhos da Câmara de Olinda neste semestre. A sessão foi bastante tumultuada por protestantes ligados ao grupo da oposição na Casa. Eles reclamaram da inviabilização, por falta de assinaturas, da CPI das Obras Inacabadas

Sem citar nomes, o prefeito de Olinda também reclamou de quem supostamente repassa informações falsas a seu respeito, como o fato de residir no estado de Alagoas, sua terra natal. O comunista está utilizando as redes sociais, como seu perfil no Facebook, para demonstrar um pouco de sua rotina de trabalho. Nas mensagens, Renildo geralmente aparece ao lado de aliados, ou mesmo de um guarda da Prefeitura de Olinda, se despedindo e mostrando o horário de sua saída.

"Isso é decorrente do seguinte: tem coisas que você passa a valorizar a partir do momento que as pessoas estão valorizando. Eu trabalho feito um bicho, dia e noite, não tem feriado, não tem fim de semana, não tem férias, não tem nada, trabalho direto. Não é justo que as pessoas falem na internet que eu nem moro na cidade. Isso é um absurdo", reclamou Renildo, ao falar dos seus horários: "Eu saio dessa prefeitura 10h, 11h, meia-noite, todos os dias. Então meus amigos dizem que porque você quando sai daí manda um tchau para a gente? Então alguns dias eu fiz isso".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »