• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Investimentos » Em viagem ao Nordeste, Dilma anuncia recursos para mobilidade

Agência Câmara

Publicação: 18/02/2014 07:01 Atualização: 18/02/2014 09:27

O pacote foi prometido pelo governo ano passado, após as manifestações que levaram milhões de pessoas às ruas de várias cidades brasileiras foto: Monique Renne/CB/D.A Press (Monique Renne/CB/D.A Press)
O pacote foi prometido pelo governo ano passado, após as manifestações que levaram milhões de pessoas às ruas de várias cidades brasileiras foto: Monique Renne/CB/D.A Press

Cumprindo agenda na Região Nordeste, a presidente Dilma Rousseff inícia hoje (18) uma série de anúncios de investimentos em mobilidade urbana. Novos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 para a área de transportes foram prometidos pelo governo no ano passado, após as manifestações que levaram milhões de pessoas às ruas de várias cidades brasileiras.

Em Teresina, o primeiro compromisso da presidente é uma entrevista a emissoras locais de rádio e TV, às 10h. Uma hora depois, participa da cerimônia de anúncio dos investimentos na capital. Segundo o governo estadual, parte dos recursos a serem anunciados será utilizada em obras de melhoria e expansão do metrô da cidade.

Ao lado do governador Wilson Nunes Martins (PSB) e do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), Dilma também vai entregar cinco máquinas motoniveladoras e 35 pás carregadeiras, com investimento de R$ 14 milhões. Nessa segunda-feira (17), ela participou da entrega das chaves de 92 máquinas a municípios mineiros em Governador Valadares (MG).

De Teresina, a presidente segue para Maceió, onde também anuncia recursos para a mobilidade urbana e entrega veículos a prefeituras. O montante dos investimentos não é revelado antecipadamente pelo Planalto, mas deve contemplar obras para a melhoria do transporte na capital alagoana, cujo prefeito é Rui Soares Palmeira (PSDB).

Na cerimônia, marcada para as 15h, os dois últimos caminhões-pipa serão entregues a municípios atingidos pela seca, juntamente com 17 caminhões-caçamba. Esses últimos, utilizados na conservação de estradas municipais, vão beneficiar 20 mil famílias de agricultores e uma população rural superior a 145 mil pessoas, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Após se reunir com prefeitos de cidades alagoanas nessa segunda-feira, o governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) prometeu conversar com a presidenta sobre a situação da seca e solicitar mais recursos da União. Devido à estiagem, 45 cidades do estado já decretaram estado de emergência, segundo o governo local.

Para amanhã (19), está prevista nova cerimônia, desta vez em Brasília, para anúncio de investimentos em obras de mobilidade urbana na capital federal, em Goiânia e Natal. Dilma embarca para Brasília após a solenidade em Maceió, com previsão de chegada às 18h45.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.