Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Operação Ponto Final » Câmara de Caruaru inicia análise do processo de cassação de dez vereadores

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Publicação: 14/02/2014 16:00 Atualização: 14/02/2014 17:14

A Comissão de Ética da Câmara de Vereadores de Caruaru teve nesta sexta-feira (14) a primeira reunião para analisar a situação dos dez vereadores indiciados pela Operação Ponto Final. No primeiro encontro, ficaram definidos os nomes de Marcelo Gomes (PSB) como relator e Rozael do Divinópolis (Pros) será o secretário. Os dois terão um prazo de até 90 dias para emitir o parecer sobre o caso.

Segundo o presidente da Comissão, Ricardo Liberato (PSC), o trâmite vai seguir o que diz o Regimento Interno da Câmara, baseado no pedido do Ministério Público, que recomendou a abertura do processo de cassação. “Temos um parecer da secretaria jurídica orientando pela abertura do processo disciplinar. Vamos apurar os fatos e autuamos os processos. Os vereadores investigados podem ser punidos de quatro maneiras: verbal com censura; suspensão do mandato e por último a cassação”, explicou.

O vereador Romildo Oscar (PTN) pediu para deixar a comissão. Ele teve um atrito com Jajá (sem partido) no ano passado e não ficou à vontade em julgar o caso. No lugar dele assumiu o vereador Heleno do Inocoop (PRTB). A próxima reunião da Comissão ficou marcada para terça-feira (18), a partir de 14h30.

Por Mário Flávio Lima, especial para o Diario de Pernambuco

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »