Pernambuco.com



  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Medalha de mérito » Presidenciável do Psol é homenageado em Garanhuns e critica aliança entre PSB e Rede

André Duarte

Publicação: 08/02/2014 15:55 Atualização:

O pré-candidato a presidente pelo Psol, senador do Amapá Randolfe Rodrigues, recebeu medalha de honra ao mérito na Câmara Municipal de Garanhuns. Foto: Divulgação
O pré-candidato a presidente pelo Psol, senador do Amapá Randolfe Rodrigues, recebeu medalha de honra ao mérito na Câmara Municipal de Garanhuns. Foto: Divulgação
Em visita a Garanhuns, no Agreste, onde nasceu e morou até os dez anos de idade, o pré-candidato a presidente pelo Psol, senador do Amapá Randolfe Rodrigues, disse que “há muitas contradições” na aliança firmada entre o PSB, do governador Eduardo Campos, e a Rede de Sustentabilidade, de Marina Silva.  Durante um evento realizado na tarde deste sábado (8), na Câmara Municipal de Garanhuns, onde foi homenageado com a medalha do mérito, o presidenciável afirmou que a possível candidatura do socialista já apresenta um discurso dúbio.

“Até pouco tempo antes de se aliar a Marina, Eduardo esteve junto a Ronaldo Caiado (DEM/GO), que é deputado da bancada ruralista e opositor do código florestal. Não sei como ele vai conseguir superar essas fortes contradições ambientais e em outras áreas”, criticou.

Randolfe Rodrigues defendeu que a sua candidatura vai representar o diferencial da disputa, justamente por ele não ter se aliado a nenhuma das lideranças das principais legendas. Para exemplificar a fragilidade das alianças dos adversários, o pré-candidato citou o caso do deputado federal Jair Bolsonaro (PP/RJ), cujo nome é cogitado para presidir e comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

“A possibilidade de ele ser presidente da comissão mostra a que ponto chegaram as alianças do atual governo. É uma contradição tremenda para alguém com o comportamento dele”, reitera Rodrigues, que  no ano passado disse ter sido agredido com um soco por Bolsonaro durante uma visita da Comissão da Verdade do Senado ao prédio do antigo DOI-Codi, no Rio de Janeiro. O deputado do PP é conhecido pela posição ultraconservadora e costuma gerar polêmica pelas declarações envolvendo temas como homossexualismo, direitos humanos e cotas para negros.   

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Antonio Silva
Esse é mais um oportunista, mentiroso, defensor de bandidos e tenta passar ao povo uma imagem de santinho e moderno. Fora Sr.Randolfo...Não precisamos de gente de sua espécie nem como vereador...Você não engana mais ninguém! PSOL é um lixo de partido e defende tudo o que não presta! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »