[an error occurred while processing this directive] Armando oferece vaga na majoritária ao PDT na disputa das eleições | Política: Diario de Pernambuco
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Leque de alianças » Armando oferece vaga na majoritária ao PDT na disputa das eleições Senador teve ontem encontro com o presidente nacional pedetista, Carlos Lupi, para discutir eleições

Cláudia Eloi - Diario de Pernambuco

Publicação: 05/02/2014 07:25 Atualização: 05/02/2014 08:31

Armando alega que o PDT faz parte da base do governo Dilma foto: Iano Andrade/CB/D.A PRESS (Iano Andrade/CB/D.A PRESS)
Armando alega que o PDT faz parte da base do governo Dilma foto: Iano Andrade/CB/D.A PRESS

O senador Armando Monteiro Neto (PTB) deu mais um passo na construção de seu palanque para disputar o governo de Pernambuco. O petebista, que há tempo vem “flertando” com o PT, decidiu ampliar o leque de alianças e ontem esteve com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, em Brasília. O senador formalizou o convite para que os pedetistas integrem a chapa majoritária do PTB nas eleições em Pernambuco. Segundo Armando, não foi discutida a posição na chapa ou nomes que possam vir a ser escolhidos.

A reação do presidente estadual do PDT, José Queiroz, foi imediata. Ele defende aliança com o PSB, do governador e presidenciável Eduardo Campos. Por meio de sua assessoria, o pedetista afirmou que não existe nada concretizado e que o debate sobre política de aliança só será aberto em março.

Já Armando alega que o PDT faz parte da base de sustentação do governo Dilma, sendo natural as duas legendas estarem juntas no Brasil e em Pernambuco. “Fui convidar o PDT para integrar a chapa e ele começa pelo presidente nacional. O PDT está alinhado com a presidente Dilma e estamos no mesmo campo de aliança. Não avançamos quanto a nomes para compor a chapa”, disse Armando. De acordo com o senador, o convite ao PDT não exclui o PT da chapa majoritária. “A formação de nosso palanque passa essencialmente pela aliança com o PT. Eles têm um calendário de discussão sobre aliança e vamos respeitar”, afirmou.

Por telefone, Carlos Lupi confirmou o convite feito por Armando e adiantou que o debate está começando. O presidente nacional garantiu que discutirá o assunto com os dirigentes do partido no estado como o presidente José Queiroz, os deputados federais Wolney Queiroz e Paulo Rubem Santiago, além dos deputados estaduais. “É importante o partido crescer e darmos visibilidade à legenda. Precisamos eleger um maior número de deputados. Tudo que for feito virá do debate”, afirmou.

Ao ser indagado sobre as possíveis reações de integrantes do partido, a exemplo de José Queiroz e do senador Cristovam Buarque, que defendem apoio ao PSB, Lupi disse que todos têm o direito de opinar, mas prevalecerá a vontade da maioria.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.