• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Disputa estadual » Armando Monteiro convida PDT para apoiá-lo ao governo do estado

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Publicação: 04/02/2014 14:08 Atualização: 04/02/2014 14:48

À espera do PT, o senador Armando Monteiro Neto, presidente do PTB em Pernambuco, convidou formalmente o PDT para compor a base de apoio à candidatura dele ao governo do estado. Armando se reuniu com o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, em Brasília, nesta terça-feira (4), em Brasília, na sede do PDT nacional, para uma reunião com o presidente do partido, Carlos Lupi. No encontro, não se discutiu posição na chapa ou nomes que possam vir a ocupá-la. Essa discussão será feita mais adiante, com o conjunto de partidos aliados.

O PDT no estado está, de certa maneira, dividido. Os grupos ligados ao prefeito de Caruaru, José Queiroz, presidente estadual da legenda, e ao presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa, defendem o apoio ao candidato indicado pelo governador Eduardo Campos à sucessão estadual. Já o deputado Paulo Rubem Santiago acredita que o melhor caminho seria fechar com o PT. Em entrevista recente, ele chegou a declarar que "a chapa do PSB, atende apenas aos interesses do PSB”, referindo-se a disputa proporcional.

A direção nacional do PT e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendem que o partido faça composição com o PTB no estado. Mas essa corrente precisa vencer o debate com grupos do PT estadual que acreditam ser melhor apostar numa candidatura própria ao governo do estado. Os petistas ainda não encerraram essa discussão, mas, enquanto aguarda a posição do PT, Armando tem se movimentado. Ele já conversou com todos os partidos da base de apoio da presidente Dilma Rousseff.

Segundo Armando Monteiro Neto, o convite foi feito porque o PDT é um aliado importante da presidente Dilma Rousseff (PT) no plano nacional e tem uma longa história de participação na vida política do Brasil. Além disso, o senador mantém laços antigos com o PDT, ao qual seu pai, o ex-ministro Armando Monteiro Filho, foi filiado durante anos, período em que construiu fortes vínculos com seu fundador, o ex-governador Leonel Brizola (1922-2004).

Carlos Lupi também já manteve conversas com o governador Eduardo Campos (PSB)  sobre apoio à candidatura nacional do socialista e sobre a corrida eleitoral no estado. Segundo o próprio Lupi, a tendência nacional é que o PDT apoie a reeleição da presidente Dilma Rousseff, mas ele sempre frisa que o proceso político é dinâmico e, portanto, o cenário pode mudar.

Com informações da assessoria do senador Armando Monteiro Neto

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.