• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cartel no metrô » Marco Aurélio vai quebrar o sigilo do caso Siemens e promete divulgar nomes Ministro quer liberar parte das informações sobre a investigação que apura a suposta formação de cartel por multinacionais durante governos do PSDB no estado paulista

Correio Braziliense

Publicação: 04/02/2014 08:35 Atualização:

'Esta semana deve sair alguma coisa', anunciou o ministro do STF foto: Carlos Humberto/SCO/STF (Carlos Humberto/SCO/STF)
'Esta semana deve sair alguma coisa', anunciou o ministro do STF foto: Carlos Humberto/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio de Mello afirmou ontem que abrirá o sigilo do inquérito que investiga o suposto cartel no metrô e nos trens de São Paulo envolvendo as multinacionais Siemens e Alstom durante governos tucanos. Relator do inquérito, Marco Aurélio disse que manterá o sigilo somente nas situações previstas em lei, como o fiscal e o bancário. Os nomes dos envolvidos serão divulgados, informou.

“Vou preservar o sigilo no que a lei impõe. Agora, no mais, não. Vamos abrir, inclusive, com os nomes dos envolvidos”, declarou. O ministro está analisando o pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para compartilhar as informações sobre o caso com uma comissão de sindicância instaurada na Procuradoria da República em São Paulo, que apura possível desvio de conduta do procurador da República Rodrigo de Grandis. Ele deixou de tomar medidas para as investigações a pedido da Justiça suíça, alegando esquecimento. O pedido, segundo ele, teria sido colocado em uma gaveta errada e esquecido.

“Vamos aguardar, porque o procurador preconizou que eu abra vista das peças a uma comissão de sindicância instaurada na Procuradoria de São Paulo. Vou verificar a problemática do compartilhamento da prova e o que está sob sigilo. E também ver o problema do sigilo que hoje é linear. Esta semana deve sair alguma coisa”, anunciou o ministro do STF.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.