Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições de 2014 » Geraldo Julio diz que candidato do PSB ao governo será escolhido em março

Tércio Amaral

Suetoni Souto Maior

Cecília Ramos - Redação Diario

Publicação: 03/02/2014 13:50 Atualização: 03/02/2014 16:42

Foto: Julio Jacobina/DP/D.A Press
Foto: Julio Jacobina/DP/D.A Press

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), não alimentou as especulações em torno da escolha do nome de seu partido para disputar a eleição ao governo de Pernambuco. Nesta segunda-feira (3), durante a entrevista de estreia da Rádio Globo AM 720 no Recife, o socialista declarou que a legenda, primeiramente, vai focar na consolidação da candidatura do governador Eduardo Campos à Presidência da República, e só depois disso começará a definir os palanques estaduais. O prazo dado pelo gestor é o mês de março.

“A gente está aí consolidando essa discussão. Já tem o PPS junto, já tem a Rede junto, tem o PPL junto, nós estamos juntando isso e agora durante o mês de fevereiro, março, nós vamos ter uma definição dessa candidatura nacional e, a partir dela, uma definição sobre as candidaturas estaduais. As últimas discussões que nós fizemos nesse conjunto, olhando a escala nacional, colocou que, até o final de março, as questões estaduais deverão estar definidas. Então é esse o cronograma que será cumprido”, declarou.

 

Atualmente, figuram como favoritos na indicação do PSB ao governo de Pernambuco o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, além dos secretários estaduais Danilo Cabral (Cidades), Paulo Câmara (Fazenda) e Tadeu Alencar (Casa Civil). O vice-governador João Lyra Neto, que se filiou ao PSB no ano passado, também figura entre as apostas. O prefeito Geraldo Julio chegou a ser lembrado para a missão. Na entrevista, ele voltou a declarar que continua na Prefeitura do Recife até o fim do mandato.

Blog de Política: Governo de Geraldo Julio é considerado regular por 43%. Outros 32% acham bom e 7%, ótimo

“Acho que em Pernambuco inteiro, nas cidades do Sertão, do Agreste, da Zona da Mata, e mesmo aqui no Recife, as pessoas não estão discutindo nomes de quem será o sucessor do governador Eduardo Campos. Acho que ainda não entrou na vida das pessoas. Esse ano ainda temos o carnaval, a Copa do Mundo… as eleições elas vão acontecer ainda daqui a um bom tempo”, desconversou Geraldo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »