• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Posses de ministros » Agenda destaca solenidades de abertura do trabalho nos Três Poderes Primeira sessão solene foi aberta às 10h

Correio Braziliense

Publicação: 03/02/2014 09:18 Atualização: 03/02/2014 10:21

A abertura do ano legislativo está marcada para as 16h, em sessão solene do Congresso Nacional foto: Moreira Mariz/Agencia Senado (Moreira Mariz/Agencia Senado)
A abertura do ano legislativo está marcada para as 16h, em sessão solene do Congresso Nacional foto: Moreira Mariz/Agencia Senado

Executivo
Hoje, às 11h, no Palácio do Planalto, ocorre a solenidade de posse dos ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante; da Saúde, Arthur Chioro; da Educação, José Henrique Paim; e Thomas Traumann, da Comunicação Social. Na pauta política, Dilma Rousseff deve se encontrar, ainda nesta semana, com lideranças do PMDB para discutir a segunda etapa da reforma ministerial.

Legislativo
A abertura do ano legislativo está marcada para as 16h, em sessão solene do Congresso Nacional. O novo ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, vai ler a mensagem da presidente Dilma Rousseff para este que será o último ano do mandato dela no Palácio do Planalto. O ano começa com 14 medidas provisórias em tramitação, boa parte já trancando as pautas da Câmara e do Senado.

Judiciário

O ano do Poder Judiciário será aberto hoje, às 10h, em sessão solene no Supremo Tribunal Federal, presidida pelo ministro Joaquim Barbosa, com a presença dos presidentes da República, Dilma Rousseff; da Câmara, Henrique Eduardo Alves; e do Senado, Renan Calheiros. Os julgamentos serão retomados na quarta-feira, a partir das 14h. Há a expectativa de que Joaquim Barbosa decrete a prisão do deputado João Paulo Cunha, condenado no processo do mensalão.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.