• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições de 2014 » DEM pode se aproximar do PSB em Pernambuco Ao assumir liderança da bancada, Mendonça Filho fará oposição a Dilma e pode inviabilizar aliança com PTB

Tércio Amaral

Publicação: 02/02/2014 15:41 Atualização:

O deputado Mendonça Filho (DEM) assume oficialmente a liderança da bancada do seu partido na Câmara Federal na próxima terça-feira, em Brasília, mas o ato pode desmembrar no arco de alianças para o governo de Pernambuco nas eleições deste ano.

Ao ocupar o posto deixado pelo deputado Ronaldo Caiado (GO), que avalia se disputará uma vaga ao Senado, o parlamentar obtém uma das mais importantes “vitrines” da oposição à gestão da presidente Dilma Rousseff (PT). A movimentação afastaria o DEM, e de quebra, o Solidariedade, de uma futura aliança com a candidatura do senador Armando Monteiro Neto (PTB) ao executivo estadual, que pode contar com apoio maciço dos petistas. Os dois partidos, nesta lógica, teriam mais sintonia com o candidato indicado pelo PSB do governador Eduardo Campos.

As duas legendas garantem que não há nenhum acerto sobre alianças. Aliás, o próprio
Mendonça destaca que vem conversando não só com setores do PTB como do PSB, além de quadros do próprio DEM. “O cenário ainda não está fechado. O que estamos fazendo ainda está no campo das conversas”, disse. Mendonça também desconversou sobre um possível afastamento do PTB por conta da aliança com o PT. “A candidatura é de Armando e não do PT. Não existe isso”, completou.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Joao Fonseca
Interessante. Como os marineiros vão se comportar ? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.