Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » PSD espera chamada de Eduardo para decidir apoio estadual

Filipe Barros - Diario de Pernambuco

Publicação: 29/01/2014 13:30 Atualização:

A possibilidade de o PSD apoiar o candidato ao governo de Pernambuco apoiado pelo PT local existe, mas a vontade do vice-presidente nacional e presidente do diretório estadual do partido, André de Paula, é que a legenda fique no mesmo palanque do candidato indicado pelo governador Eduardo Campos (PSB). Segundo o próprio André, o partido só está aguardando uma chamada do socialista para formalizar o acordo estadual, já que nacionalmente o PSD fechou apoio ao projeto de reeleição da presidente Dilma Rousseff. A afirmação foi feita em uma entrevista concedida a uma rádio local na manhã desta quarta-feira (29).

Ainda de acordo com André de Paula, a decisão oficial do PSD se dará apenas após a convenção do partido em junho. "Desde o primeiro momento, advoguei que queria estar ao lado do governador excepcionalmente em Pernambuco. Ele será o novo, uma jovem liderança e estou entusiasmado para ter um candidato pernambucano, capacitado, inovador e preparado como Eduardo. A decisão do partido depende muito das conversas e do processo político que será consolidado com o governador", afirmou. Ele lembrou que o ex-prefeito de São Paulo e presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, veio a Pernambuco conversar com o governador e aproveitou para deixar a decisão de apoio estadual do PSD em suas mãos, mesmo com o apoio formalizado a favor da presidente Dilma.

Quando indagado sobre qual seria o cenário dos socialistas para escolher o candidato que irá suceder Eduardo, André disse que o governador é um ator nacional e estadual, mas não podemos desconhecer que nesse processo pode existir insatisfações e que a base precisa estar unida e forte."Eu tenho uma percepção do melhor nome na minha opinião, mas vou colocar no momento oportuno ao governador, mas ele também tem mais percepções além da minha", encerrou o presidente afirmando que Pernambuco só terá dois candidatos ao Palácio das Princesas, e que não ousaria citar um nome, mas começaria analisando o perfil dos candidatos.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »