Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Liderança política » Fernando Bezerra Coelho sugere político para sucessão no estado Ex-ministro disse a Eduardo que entre as opções estão seu nome e o do vice-governador João Lyra

Aline Moura - Diario de Pernambuco

Publicação: 29/01/2014 07:43 Atualização:

Inauguração da primeira Upinha 24h agrega políticos pernambucanos e ganha clima de pré-campanha foto: Edvaldo Rodriges/DP/D.A. PRESS	 (Edvaldo Rodriges/DP/D.A. PRESS	)
Inauguração da primeira Upinha 24h agrega políticos pernambucanos e ganha clima de pré-campanha foto: Edvaldo Rodriges/DP/D.A. PRESS

Os holofotes ontem estavam voltados para o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), que inaugurou a primeira Upinha 24h do governo, em Casa Amarela, retomando a promessa de campanha que tornou, ainda em 2012, seu nome conhecido no Recife. Mas o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho também teve sua vitrine. Pouco antes de ser chamado para compor a mesa principal do evento, Bezerra Coelho revelou, pela primeira vez, ter conversado com o governador Eduardo Campos (PSB) e sugerido que o socialista fizesse a escolha por uma liderança política para concorrer ao governo do estado. “O que eu defendi foi de que houvesse uma opção pelo lado da política… Os nomes de João Lyra, o meu, no sentido de que a gente possa prestigiar a política, que é nossa atividade, que a gente se dedica há muitos anos. Mas foi uma sugestão”, afirmou.

O ex-ministro conversou com o Diario antes da chegada de Geraldo Julio à Upinha, orçada em R$ 1,7 milhão e com capacidade para atender a R$ 10,5 mil pessoas da Zona Norte do Recife. Indagado se estava preocupado com o volume de informações sobre o favoritismo dos secretários Paulo Câmara (Fazenda) e Tadeu Alencar (Casa Civil) para concorrer ao Palácio do Campo das Princesas, respondeu: “O governador desmentiu tudo isso. Disse que não passou de chuva de verão. Agora, vamos aguardar a condução que ele está fazendo. Temos muita confiança na liderança de Eduardo e na capacidade de decisão que ele terá”, declarou, destacando, sem citar nomes, que há uma riqueza de quadros na administração, os chamados “técnicos”.

Segundo Fernando Bezerra, apesar da “ansiedade” de todos os envolvidos, o clima no PSB é de harmonia. Ele foi elogiado pelo prefeito Geraldo Julio durante a solenidade onde prevaleceu o tom de pré-campanha. “Aqui está um amigo meu, com quem eu pude aprender muito. Quero agradecer sua presença”, afirmou o prefeito, que, pela segunda vez desde que foi eleito, participa de um grande evento político em Casa Amarela ao lado do ex-ministro. O primeiro foi na festa do Morro da Conceição, em 8 de dezembro passado.

O ex-ministro ressaltou que o governador gosta de pesquisa. “Sabe ler pesquisa, sabe projetar, mas ele também gosta muito da média da opinião da política, porque ele se fez na política, tem uma trajetória muito bonita e valoriza muito os companheiros da política”, observou, dizendo concordar com o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, que pouco antes havia afirmado que o governador deve priorizar, em sua escolha, o nome que mais agrega.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »