Pernambuco.com



  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Presidência » Magalhães diz que vota em Eduardo mesmo que o DEM feche com o PSDB

Publicação: 27/01/2014 11:34 Atualização: 27/01/2014 12:51

O ex-governador Roberto Magalhães externou nesta segunda-feira (27) uma máxima que deve ser seguida pela maioria das lideranças do Democratas, no estado. Durante entrevista a uma rádio local, ele disse que não votará integralmente nos nomes que vierem a integrar o leque de alianças que o partido vem construído. Um exemplo disso, segundo ele, é a escolha para Presidente da República. O partido deve fechar com o senador mineiro Aécio Neves (PSDB), porém, para Magalhães, a melhor opção seria o governador Eduardo Campos (PSB). "O discurso dele está correto. Essa coisa do novo. Era o que eu faria se fosse o candidato", disse.

O partido ainda não definiu o caminho que tomará no estado nas eleições deste ano. Tanto Roberto Magalhães, que abandonou a política em 2011, quando o deputado federal Mendonça Filho, que presidente a sigla no estado, elogiam o senador Armando Monteiro (PTB), mas veem dificuldade para compor com ele por causa da aliança petebista com o PT. O caminho, por isso, deve ser o apoio ao candidato que será indicado pelo governador para a sucessão. Apesar de remota, uma candidatura do PSDB ao governo do estado pode ser apoiada pela sigla também.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: José Guilherme de Azevedo Lira Filho
Eu voto em Dilma em 2014... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »