Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Entrega de cargos » Após o fim da aliança, petistas mantêm cargos no governo do PSB Lista de auxiliares da gestão socialista inclui dirigente petista. Executiva vai cobrar desligamento

Suetoni Souto Maior

Publicação: 22/01/2014 07:40 Atualização: 22/01/2014 10:41

O discurso de independência em relação ao PSB, em Pernambuco, pregado pelo Partido dos Trabalhadores, não tem funcionado na prática. Três meses após a sigla ter formalizado a entrega dos cargos no governo de Eduardo Campos e em prefeituras comandadas por socialistas no estado, repetindo um gesto do PSB em relação ao governo federal, a legenda continua ocupando postos no governo e nas prefeituras do Recife e de Paulista, na Região Metropolitana.

O afastamento entre as duas legendas começou quando Eduardo Campos, em setembro do ano passado, formalizou, em reunião com a presidente Dilma Rousseff (PT), a entrega dos cargos indicados pala sigla socialista no Ministério da Integração Nacional e na Secretaria Nacional de Portos. A justificativa apresentada por Campos foi a de que o partido queria discutir candidatura própria e, por isso, não faria sentido permanecer com cargos no governo.

A resposta do PT, em Pernambuco, ocorreu quase um mês depois, em outubro do ano passado, quando o então presidente estadual da sigla, o deputado federal Pedro Eugênio, teve encontro com Eduardo Campos. A orientação do diretório estadual do partido, no entanto, não foi seguida integralmente. O titular da Secretaria Executiva de Agricultura do estado, Oscar Barreto, foi mantido no cargo, segundo ele próprio, porque o governador não aceitou o seu desligamento.

Ouvido pelo Diario, o senador Humberto Costa (PT) não escondeu o constrangimento com a postura dos colegas de partido. Ele disse que espera uma postura forte da direção do partido, tanto na esfera estadual quanto na nacional. O tema chegou a ser discutido durante o primeiro encontro do partido no ano, no último sábado. A atual presidente da sigla, a deputada estadual Teresa Leitão, disse que a questão será abordada na primeira reunião da executiva. Segundo ela, quem não deixar o governo, terá que se licenciar do partido. “É uma regra que já existe no partido”, disse.

O fato é considerado mais grave porque Oscar Barreto, que ocupa cargo no governo do estado, é também presidente da sigla no Recife. Já a prefeitura da capital tem o petista Eduardo Granja ocupando o cargo de secretário de Habitação. Questionado sobre o assunto, o prefeito Geraldo Julio (PSB) disse que ele está fazendo um bom trabalho e ficará no cargo o tempo que achar necessário. O partido também ocupa cargos no primeiro escalão na Prefeitura de Paulista.

Teresa Leitão admite que a permanência de petistas em gestões do PSB gera transtornos para a sigla. “Até porque é um assunto que não tem fim”, enfatizou. Ela estabeleceu o mês de fevereiro como prazo para que a executiva do partido solucione o caso. “Nossa prioridade é a reeleição da presidente Dilma e isso vai nortear todas as nossas decisões”, acrescentou. O partido vem discutindo o lançamento de uma chapa de oposição ao candidato de Eduardo Campos para a sucessão estadual. O presidente do PT do Recife, Oscar Barreto, discordou de Teresa Leitão em relação ao poder da executiva para exigir a entrega de cargos. Ele também acusou o ex-presidente da sigla, Pedro Eugênio, de abuso na condução da entrega de cargos e, por isso, promete processar o petista.

Saiba mais

Conheça os principais cargos dos petistas em gestões do PSB

Oscar Barreto
Secretaria Executiva de Agricultura do estado
O petista chegou ao cargo através de convite do governador Eduardo Campos (PSB). Por conta disso, acredita que não se enquadra na política de entrega de cargos e pretende permanecer na função

Eduardo Granja
Secretaria de Habitação do Recife

Foi convidado pelo PSB como cota da ala petista ligada ao ex-prefeito João da Costa. Apesar das pressões internas no PT, recebeu o aval do prefeito Geraldo Julio (PSB) para permanecer no cargo

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »