• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Brasília » Delúbio Soares está trabalhando na CUT em Brasília A permissão de trabalho foi concedida pela Vara de Execuções Penais do Distrito Federal e começa a valer a partir deste segunda-feira

Estado de Minas

Publicação: 20/01/2014 11:56 Atualização:

Delúbio Soares foi autorizado a trabalhar na CUT a partir de hoje. Foto: Jamil Bittar
Delúbio Soares foi autorizado a trabalhar na CUT a partir de hoje. Foto: Jamil Bittar

Delúbio Soares saiu da prisão pela primeira vez desde que se entregou à Polícia Federal há pouco mais de dois meses. Por volta de oito horas da manhã desta segunda-feira, o ex-tesoureiro do PT chegou ao escritório da Central Única dos Trabalhadores, em Brasília, onde vai atuar como assessor da direção nacional da entidade.

Condenado a seis anos e oito meses de prisão, além de uma multa de R$ 466,8 mil, Delúbio poderá trabalhar durante o dia, de segunda a sexta-feira. No fim do expediente, ele precisará voltar para o Centro de Progressão Penitenciária. A permissão de trabalho foi concedida na última quinta-feira (16) pelo juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal Bruno André Silva.

Às 10h30, dois agentes da Secretaria do Sistema Penitenciário do DF saíram do edifício onde fica o escritório da CUT, mas não falaram com a imprensa.

Multa

A Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal determinou na ultima sexta-feira (17) que o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares pague multa de R$ 466,8 mil pela condenação na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Delúbio tem dez dias para pagar a multa. Se o valor não for pago, o débito será inscrito na Dívida Ativa da União. (com agências) 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.