Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mensalão » Pedro Corrêa pagará multa de R$ 1,6 milhão

Suetoni Souto Maior

Publicação: 17/01/2014 17:32 Atualização:

O ex-deputado federal Pedro Corrêa terá que pagar multa de R$ 1,6 milhão por causa da condenação no processo do mensalão. O valor foi anunciado nesta sexta-feira (17) pelo juiz da 1ª Vara das Execuções Penais do Recife, Luiz Gomes da Rocha Neto, e deverá ser pago em no máximo dez dias úteis após Corrêa receber a notificação. O ex-deputado está cumprindo a pena de sete anos e dois meses de reclusão em regime semiaberto no Centro de Ressocialização do Agreste, localizado em Canhotinho, a 207 km do Recife.

O ex-deputado é um dos 25 réus condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O valor da multa, que antes estava avaliado em R$ 1,1 milhão, foi corrigido por causa do aumento do salário mínimo, que neste mês passou de R$ 678 para R$ 724. Rocha Neto explicou que o cálculo para efeito de contagem remonta a 2003, data em que os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, pelos quais Corrêa foi condenado, teriam começado a ser praticados.

Ouvido pelo Diario nesta semana, o advogado Fábio Corrêa, filho do ex-deputado, disse que o valor deverá ser pago com base no patrimônio do ex-deputado. Por isso, não haverá campanha para arrecadar dinheiro, como a feita pelo também ex-deputado José Genoino (PT-SP), que tenta arrecadar os R$ 667,5 mil necessários para pagar a dívida com a Justiça.

O juiz Luiz Gomes da Rocha explicou que enviou carta precatória com a notificação para a 3ª Vara de Execuções Penais de Caruaru, que deverá oficiar Pedro Corrêa. O ex-deputado tenta autorização para trabalhar como médico no presídio onde cumpre pena. Caso receba autorização, receberá salário de R$ 508.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »