• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Nomeação » Cristiano da Paixão Pimentel é o novo procurador geral do Ministério Público de Contas

Ana Luiza Machado

Publicação: 15/01/2014 16:32 Atualização:

Tomou posse ontem, no Tribunal de Contas do Estado (TCE), o novo procurador geral do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), Cristiano da Paixão Pimentel. Já exercendo sua função, participou ontem da sessão do pleno do tribunal e recebeu os cumprimentos do conselheiros. Pimentel já foi procurador geral do MPCO no biênio 2008/2009, nomeado pelo governador Eduardo Campos e, agora, em substituição a procuradora Eliana Guerra Lapenda, assume o cargo para o biênio 2014/2015.

"O Tribunal de Contas se modernizou muito daqueles anos para cá, na questão da informatização e no acompanhamento concomitante das prefeituras. O desafio é atuar de forma preventiva porque antes isto não era o habitual", comentou Cristiano da Paixão Pimentel. O presidente do TCE, Valdecir Pascoal, que também assumiu recentemente, aproveitou para desejar sucesso a gestão dele.

O conselheiro Dirceu Rodolfo, oriundo do Ministério Público, em seu pronunciamento, disse tem certeza do "excelente trabalho" que o procurador fará em parceria com o TCE. "Quando ele assumiu este mesmo cargo anos atrás foi uma pessoa que olhou o Ministério Público 10 anos na frente. Ele tem uma visão diferenciada", elogiou.

A nomeação aconteceu na última segunda-feira na sede do governo do estado e a publicação no Diário Oficial no dia seguinte. Cristiano Pimentel é formado em Ciências Jurídicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UNIRIO). Já assumiu diversos cargos em órgão públicos e ingressou como procurador concursado do MPCO em 2007.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.