Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Habes Corpus » Vereadores de Caruaru querem sair da prisão antes do natal

Júlia Schiaffarino

Publicação: 23/12/2013 12:30 Atualização: 23/12/2013 16:13

Advogados dos vereadores de Caruaru presos por cobrança de propina em trabalhos legislativos estão no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) desde o início da manhã desta segunda-feira (23). Eles querem que a justiça analise os pedidos liminar de habeas corpus antes do recesso, que começa às 14h. Ainda não foi divulgado qual desembargador ficará responsável pelo caso, mas tudo indica que os processos deverão estar a cargo de Gustavo Lima

Caso não haja resposta a tempo, grupo vai permanecer na Penitenciária Juiz Plácido de Souza, onde estão desde o dia 18 de dezembro, possivelmente durante as festas de final de ano. São 10 vereadores. Todos acusados de cobrar propina de R$ 2 milhões para aprovar um projeto de lei autorizando empréstimo de R$ 250 milhões para prefeitura implantar o sistema de transporte BRT na cidade. Os detidos são os governistas Silvando Oliveira (PP), Cecílio Pedro (PTB), Pastor Jadiel (PROS) e Val das Rendeiras (PROS) e os de oposição Joseval Lima (DEM), José Evandro Silva (PMDB), Lourinaldo Morais (PS), Jaílson Soares (PPS), Eduardo Cantarelli (PMDB) e Neto (PMN).

Na última sexta-feira (20), o delegado responsável pelo caso, Erick Lessa, colheu depoimentos de outros sete vereadores que não tinham sido presos e nesta segunda, mais cinco são interrogados na delegacia de Caruaru. A Câmara Municipal conta com 23 cadeiras. A Casa entrou em recesso no dia 20. Antes disso, foram empossados nove suplentes por determinação da justiça. O décimo não tomou acento porque estava de licença médica. Entre os legisladores presos, dois integravam a Mesa Diretora. Para esses cargos haverá nova eleição.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »