Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Polêmica » Damázio coloca cargo à disposição após repercussão negativa de entrevista

Publicação: 19/12/2013 17:46 Atualização: 19/12/2013 21:46

Secretário alega que seus posicionamentos são opiniões pessoais. Foto: Paulo Cesar/Divulgação
Secretário alega que seus posicionamentos são opiniões pessoais. Foto: Paulo Cesar/Divulgação

O secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, colocou o cargo à disposição do governador Eduardo Campos, devido à repercussão negativa da entrevista concedida por ele e publicada no Jornal do Commercio nesta quinta-feira. Entre os pontos polêmicos estão as declarações de que homossexualidade seria um "desvio de conduta", de que o policial exerce um fascínio sexual entre as mulheres e que "todo PM antigo" tem amante.

As palavras do secretário provocaram inúmeras manifestações contrárias ao seu posicionamento, sobretudo nas redes sociais, o que pode ter influenciado sua decisão. "Dirijo-me à sociedade pernambucana para declarar que as mesmas (declarações) não constituem meu pensamento nem minha visão do mundo, razão pela qual repilo os termos e peço desculpas a todos aqueles que porventura tenham se sentido ofendidos", diz Damázio, em um trecho da nota oficial encaminhada pela assessoria de comunicação da SDS.

Damázio também ressalta que esta atitude, de entregar o cargo, é uma forma de evitar que seu posionamento reflita negativamente no governo do estado. Sobretudo em um momento como este, no qual o governador Eduardo Campos está viabilizando sua candidatura à Presidência da República, em 2014.

Veja abaixo o texto completo da nota oficial divulgada pela assessoria de comunicação da SDS nesta quintafeira à tarde:


Eu, Wilson Damázio, Secretário de Defesa Social, com relação às declarações a mim atribuídas em reportagem do caderno Cidades do Jornal do Commercio de hoje, dirijo-me à sociedade pernambucana para declarar que as mesmas não constituem meu pensamento nem minha visão do mundo, razão pela qual repilo os termos e peço desculpas a todos aqueles que porventura tenham se sentido ofendidos.


Esclareço ainda que a entrevista que embasou a reportagem foi interrompida em vários momentos, como a própria autora relata, permitindo o desenvolvimento, nesses intervalos, de conversações informais, em tom de brincadeira e termos que, reconheço, foram inapropriados e inadequados.


Reafirmo, por fim, que se as palavras, como é fato, não representam minhas ideias nem minha história de vida, muito menos ainda, podem ser confundidas com as políticas desenvolvidas pelo Governo do Estado que vem revolucionando a Segurança Pública no Brasil com transparências, práticas cidadãs além de total e absoluta intolerância com qualquer conduta contrária aos direitos humanos, à liberdade de expressão e à proteção dos direitos individuais da pessoa humana.
Para proteger o governo e o seu legado, informo que já coloquei o cargo à disposição do governador Eduardo Campos.

Recife, 19 de dezembro de 2013

WILSON DAMÁZIO

Centro Integrado de Comunicação - CICom SDS

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »