Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Visita presidencial » Discursos de Dilma e Eduardo foram marcados por indiretas e afagos Primeiro encontro entre ambos em Pernambuco, após ruptura política, foi repleto de recados

Vandeck Santiago - Diario de Pernambuco

Publicação: 18/12/2013 07:15 Atualização: 18/12/2013 11:11

Presidenciáveis participaram de evento na Refinaria Abreu e Lima e no Estaleiro Atlântico Sul, ontem, em Suape: Paulo Paiva/DP/D.A Press
Presidenciáveis participaram de evento na Refinaria Abreu e Lima e no Estaleiro Atlântico Sul, ontem, em Suape: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Na primeira visita feita a Pernambuco depois que o PSB entregou os cargos que possuía no governo federal, em setembro, a presidente Dilma Rousseff e o governador Eduardo Campos trocaram indiretas e afagos em dois atos realizados ontem na Refinaria Abreu e Lima e no Estaleiro Atlântico Sul, no Complexo Portuário de Suape, município de Ipojuca.

Eduardo foi mais enfático no afago. “Tenho por vossa excelência um respeito muito grande, que é uma brasileira honrada, que ajudou na construção do Brasil que temos hoje”, disse ele em seu discurso, na cerimônia realizada no Estaleiro. Já o elogio da presidente Dilma, no mesmo ato, teve pouca ênfase e foi protocolar: “Queria cumprimentar o governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Agradecer a recepção fratena, o alto nível das relações que sempre pautaram a nossa convivência”.

Depois disso ela não tornou a referir-se ao governador, mas fez duas menções simpáticas (com ênfase) aos senadores Humberto Costa (PT) e Armando Monteiro Neto (PTB) - este, pré-candidato a governador, e que tem feito a Eduardo críticas semelhantes às que o governador faz ao governo de Dilma. “Esses senadores de Pernambuco têm sido grandes parceiros do governo federal, para que nós possamos aprovar, no Senado da República, todos os projetos de transformação e de transferência de renda para a população brasileira”, afirmou a presidente.



No primeiro evento da agenda da presidente, na Refinaria, Eduardo não teve direito à palavra. A presidente pegou o microfone, falou rapidamente para os trabalhadores reunidos na empresa, depois passou a palavra para a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, e para o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão - e em seguida (sem passar o microfone para o governador) desceu do palanque para, em suas próprias palavras, “dar uns abraços e assinar umas camisas”.

A presidente anunciou lá o início da fase de testes da refinaria. O evento seguinte, no Estaleiro, foi a cerimônia de conclusão da plataforma P-62, da Petrobras. Neste ela falou sobre o “renascimento” da indústria naval no Brasil. Disse que em 2003 (primeiro ano do governo Lula) havia apenas 7 mil empregados neste segmento industrial, e que hoje existem 79 mil: “Nós decidimos, sim, que o governo faria tudo para garantir que essa indústria naval, que nos anos 80 tinha sido a 2ª indústria naval do mundo, essa indústria ressuscitaria das cinzas e voltaria a ser uma das indústrias mais importantes, não só do Brasil, mas do mundo”.

Um dado curioso é que no meio do discurso Dilma passou a tratar de um assunto que não tinha nada a ver com a refinaria nem com o estaleiro: a ação em Pernambuco do programa Mais Médicos. “Aqui em Pernambuco ele está sendo muito bem encaminhado”, disse a presidente, explicando que dos 532 médicos estrangeiros previstos para trabalhar no estado já chegaram 433. “Já atendemos 81% dos pedidos, e até março, no mais tardar em abril, nós estaremos atendendo a diferença”, afirmou.

A troca de indiretas acabou indo parar no Twitter. Após o encerramento da visita ao estado, Dilma postou em sua conta pessoal: “Pernambuco merece mais. Merece mais emprego. Mais mobilidade urbana”. A expressão “merece mais” alude ao slogan que Eduardo tem utilizado até agora, que é uma crítica velada ao governo Dilma (“É possível fazer mais e bem feito”).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »