Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Denúncia » Comissão ouve ministro sobre denúncia contra ex-secretário do Ministério do Trabalho

Agência Câmara

Publicação: 13/12/2013 18:54 Atualização:

O ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, vai prestar esclarecimentos à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle sobre providências adotadas pelo órgão na apuração das denúncias de supostas irregularidades praticadas pelo ex-secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego Paulo Roberto dos Santos Pinto. A audiência pública será realizada na quarta-feira (18), às 11 horas, no Plenário 9.

A exoneração de Paulo Roberto dos Santos Pinto foi publicada em setembro último no Diário Oficial da União (DOU). O anúncio da saída do secretário foi feito pelo próprio ministério.

O secretário, que era o número dois da pasta, teve seu nome envolvido nas denúncias da Operação Esopo, da Polícia Federal, que tem por objetivo apurar indícios de prática de diversos crimes, como fraude à licitação, corrupção, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro.

O deputado que solicitou a audiência, Vanderlei Macris (PSDB-SP), declarou que “as denúncias são graves e afetam diretamente interesses e recursos federais”.

Desvio de recursos do Programa Fome Zero
O deputado Macris também requisitou ao ministro esclarecimentos sobre as providências eventualmente tomadas pelo órgão diante de suposto desvio de recursos do programa Fome Zero, no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Notícia da revista Veja de setembro último destacou que o ministro da Agricultura, Antonio Andrade, determinou o afastamento temporário do diretor de Política Agrícola e Informações da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Sílvio Porto. Ele ficaria fora do cargo até a conclusão das investigações sobre um esquema de corrupção desmontado pela Polícia Federal. Porto era suspeito de envolvimento com uma quadrilha que desviava recursos do Fome Zero.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »