Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

De olho nas urnas » Cotado para assumir o Ministério da Saúde, Mozart Sales critica governo de São Paulo

Tércio Amaral

Publicação: 11/12/2013 08:51 Atualização:

O ex-vereador do Recife e secretário de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales, começa a entrar em “campo” para ajudar o aliado e ministro petista Alexandre Padilha. O dirigente da pasta é pré-candidato ao governo de São Paulo e vai utilizar o programa Mais Médicos como mote de campanha nas eleições do próximo ano. Numa reunião da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa paulista nesta terça-feira (10), Mozart criticou a gestão do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que disputará um novo mandato.

“Gostaríamos que a secretaria estadual fosse mais parceira. O coordenador estadual não pode apenas constar da lista. O programa é federal, mas precisa do apoio e da parceria dos estados e municípios”, afirmou Sales. Os deputados petistas Edinho Silva, Marcos Martins e Gerson Bittencourt endossaram a crítica e falaram sobre a resistência que as entidades médicas tiveram com o programa em São Paulo.

A sessão foi presidida pela deputada Telma de Souza, também do PT. Mozart, que chegou a ser eleito vereador do Recife, assumindo ainda, como suplente, o mandato de deputado na Assembleia Legislativa de Pernambuco, é cotado como eventual sucessor de Alexandre Padilha no Ministério da Saúde. A presidente Dilma Rousseff (PT), no entanto, só deve anunciar a reforma ministerial, visando acomodar os aliados para as eleições de 2014, apenas no final do próximo mês.

Com informações do Poder Online (iG)

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »