Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

"Mudança de endereço" » Condenadas no mensalão serão transferidas para Minas na próxima semana A Polícia Federal não divulgou para qual presídio elas serão levadas

Agência Brasil

Publicação: 06/12/2013 08:36 Atualização:

Condenadas na Ação Penal 470, o processo do mensalão, a ex-presidenta do Banco Rural Kátia Rabello e a ex-funcionária do publicitário Marcos Valério Simone Vasconcelos só serão transferidas para Minas Gerais na próxima semana, informou nesta sexta-feira a Polícia Federal (PF). A remoção foi autorizada nessa quinta-feira (5) pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa. A PF não divulgou para qual presídio elas serão levadas.

Desde segunda-feira (2), Kátia Rabello e Simone Vasconcelos cumprem pena na Penitenciária Feminina da Colmeia, no Distrito Federal. Após apresentarem-se à Polícia Federal em Belo Horizonte, no fim do mês passado, elas foram trazidas para Brasília e ficaram presas, inicialmente, no 19º Batalhão da Polícia Militar, dentro do Complexo Penitenciário da Papuda, por determinação do juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Ademar Silva de Vasconcelos. Em seguida, foram transferidas para o presídio feminino. Simone foi condenada a dez anos e dez meses de prisão, e Kátia, a 14 anos e cinco meses de prisão, em regime fechado.

Outros dois condenados na mesma ação, o ex-diretor do Banco Rural Vinícius Samarane e o ex-deputado federal Pedro Corrêa (PP-MT) foram transferidos para a Penitenciária da Papuda na noite de ontem (5). Eles se entregaram à PF após terem as prisões decretadas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e foram submetidos a exame de corpo de delito no Instituto Médico-Legal (IML). Em seguida, foram encaminhados ao presídio. Samarane foi condenado a oito anos e nove meses de prisão por lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta. Corrêa foi condenado a sete anos e dois meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP) e o ex-deputado federal do PL (atual PR) Bispo Rodrigues, que também tiveram prisão decretada ontem, se apresentaram diretamente na Papuda. Ao todo, 15 condenados no processo do mensalão cumprem pena de prisão. 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »