Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Presidência » Congresso devolve simbolicamente mandato de João Goulart na próxima quarta-feira

Agência Senado

Publicação: 05/12/2013 17:17 Atualização:

O presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), marcou para a próxima quarta-feira (11), às 12h30, uma sessão do Congresso Nacional para a devolução simbólica do mandato presidencial de João Goulart. Deputados e senadores aprovaram no final de novembro o Projeto de Resolução 4/2013 que anulou a sessão do Congresso de 2 de abril de 1964, em que foi declarada vaga a Presidência da República, então ocupada por João Goulart.

O argumento usado à época foi que João Goulart havia fugido do Brasil. Os autores do projeto de resolução, Pedro Simon (PMDB-RS) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) lembram que a vacância não poderia ter sido declarada, uma vez que João Goulart estava em solo brasileiro, e não no exterior. Pedro Simon informou que estava com Jango - como era chamado o presidente - naquela noite, na cidade de Porto Alegre.

São Borja

Os restos mortais do ex-presidente João Goulart, que foram trazidos para Brasília para exames no Instituto Nacional de Criminalística (INC) do Departamento da Polícia Federal, serão levados de volta nesta sexta-feira (6) para São Borja. O objetivo do exame foi esclarecer se João Goulart foi vítima de um ataque cardíaco, em 1976, quando vivia no exílio, na Argentina, ou se foi assassinado pela ditadura militar.

O exame foi solicitado pela família de João Goulart a partir de declaração de um ex-agente da repressão uruguaia de que Jango havia sido envenenado.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »