Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Violência contra mulher » Prefeito apresenta projeto do "botão do pânico" para inibir violência contra a mulher O tema está sendo debatido neste momento pelo Plenário. Internautas podem participar da discussão por meio do portal e-Democracia

Agência Câmara

Publicação: 04/12/2013 15:27 Atualização:

O prefeito de Vitória (ES), Luciano Santos Rezende, apresentou há pouco, na comissão geral que discute o combate à violência contra a mulher, um projeto desenvolvido na cidade conjuntamente com o Tribunal de Justiça local, denominado “botão do pânico”. Conforme explicou, a vítima recebe uma espécie de campanhia que, se acionada por três minutos ou mais, dispara um alarme na sede da Guarda Municipal.

O atendimento à vítima é feito pela viatura mais próxima da guarda, que chega em no máximo dez minutos ao local, segundo garantiu Rezende. “Nenhuma das mulheres que teve acesso ao mecanismo sofreu alguma agressão novamente”, sustentou.

Prova judicial


Rezende esclareceu ainda que, ao ser acionado o botão, o áudio de onde a mulher se encontra começa a ser gravado, e a gravação serve como prova no processo judicial. Conforme o prefeito, o projeto foi motivado pelo fato de a “violência doméstica ter uma característica muito especial: ao se fechar a porta de casa, juntam-se vítima e agressor, e as instituições só entram depois do fato consumado”.

O Espírito Santo aprece como o primeiro colocado no ranking nacional de casos de violência contra a mulher.

A comissão geral é promovida pela Secretaria da Mulher da Câmara conjuntamente com a bancada feminina do Congresso e encerra as atividades da campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”. O evento ocorre no Plenário Ulysses Guimarães.

Participação popular


Participe da discussão enviando perguntas e comentários pelo Disque Câmara (0800 619 619) e pelo portal e-Democracia.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »