Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Encontro » Tadeu Alencar endossa as críticas sobre a repartição dos recursos federais

Publicação: 02/12/2013 13:47 Atualização:

Os discursos no Encontro Estadual de Prefeitos e Prefeitas de Pernambuco, promovido pela Presidência da República, deixaram claras as divisões políticas entre os presentes. Depois das críticas ao governo Dilma Rousseff proferidas pelo presidente da Amupe, José Patriota (PSB), e das defesas do deputado Pedro Eugênio e do senador Armando Monteiro Neto, o secretário estadual da Casa Civil, Tadeu Alencar, que representou o governador Eduardo Campos no evento, voltou a atacar o governo federal.

Tadeu Alencar criticou o modelo de repartição dos repasses federais. Para ele, há uma lógica de concentração de recursos da União. O secretário reforçou aposição de Patriota, que reclamou do alto custeio das máquinas municipais e do prejuízo que as prefeituras tiveram com a desoneração de impostos promovida pelo governo federal. A revisão do pacto federativo é uma das bandeiras defendidas por Eduardo Campos, pré-candidato ao Palácio do Planalto. "Essa concentração de recursos dá muito mais responsabilidade para a União, para que discuta esse tema. Os municípios não querem fugir da sua parte", frisou.

Em seguida, o secretário fez referência ao encontro promovido pelo governo do estado com os prefeitos, quando Eduardo Campos anunciou a criação do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). Naquela reunião, realizada no início deste ano, Eduardo anunciou a medida como uma forma de compensar as prefeituras pelas perdas do FPM.

Com informações da repórter Aline Moura, do Diario de Pernambuco

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »