Imprensa confiável

Malude Maciel
Presidente da ACACCIL

Publicação: 30/04/2018 09:00

Entre os segmentos que nos prestam serviços ainda confiamos na imprensa que, quando livre e séria, é o maior sustentáculo da Democracia. Diante de tanto engodo, escândalos políticos, falcatruas, impunidade em nosso país o índice de confiabilidade da população está reduzido apenas aos meios de comunicação que nos informam os acontecimentos com responsabilidade.

Compulsando os jornais e revistas, encontramos inúmeros textos expressivos do repúdio geral dos brasileiros pelos atos que têm envergonhado essa nação e os protestos estão por toda parte clamando soluções e providências urgentes, pois ver-se denúncias e mais denúncias de roubalheiras aos cofres públicos sem que haja sucesso pleno de punição e correção pela Justiça, com prazos de prisões já decretadas serem cumpridos integralmente aos réus com devolução da dinheirama surrupiada.   

Sabe-se que eleitores são ludibriados acreditando em falácias e sofismas e a situação continua na mesma "cantiga da perua": de pior a pior, pois em cada dia deparamo-nos com os noticiários divulgando vexames e desordens no território nacional, mexendo com os sentimentos mais patrióticos. Agora, até a nossa poderosa Petrobrás está sucumbindo, envolvida pela atuação malévola de salteadores. É muito doloroso.

Também somos recordistas da violência. Números estatísticos de órgãos destinados à Segurança Pública revelam parâmetros insatisfatórios de ações do Estado ao combate à violência que ceifa vidas destruindo famílias e espalhando insegurança geral.

É importante ficar ciente dos fatos, mas a morosidade dos processos judiciários, a lentidão da Justiça e as brechas nas leis facilitando defesas arbitrárias, onde ora se julga e prende alguns culpados, ora se dá honras e glórias a tais bandidos, deixa muito a desejar nessa esfera e até desestimula a perspicácia da retidão, deixando-nos cansados, desconfiados, descrentes de tudo e evitando o confronto com a verdade, para não sofrer eternas desilusões.

Nada de querer tapar o sol com uma peneira. A imprensa não pode ser amordaçada. Precisa ser livre, séria e forte, cientificando o cidadão de tudo que acontece no país, pois é um direito não ficar alheio às ocorrências, sejam elas boas ou más.

No entanto, a perseverança no caminho do bem, a busca de Deus como guia e refúgio fortalecem os corações devotados e confiantes na interferência divina. Porque o ser humano precisa se voltar para seu Criador acreditando que Ele pode mudar o rumo da História.

Que o Brasil possa encontrar seu rumo certo com ações corretas e um povo decente e digno para que possamos nos orgulhar do seu progresso e da sua ordem, transmitindo aos nossos descendentes um legado de muita galhardia e assim, teremos cumprido nossa missão, dado nossa contribuição à uma vida saudável e feliz para a humanidade.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.