Barbosa, o maior goleiro do mundo

Publicado em: 07/07/2018 03:00 Atualizado em: 09/07/2018 06:16

Para mim, que estava no Maracanã, no 16 de julho de 1950, com 15 anos de idade, o Barbosa foi o maior goleiro que vi atuar. Vi todos os grandes goleiros do mundo. O russo Yashin, o inglês Gordon Banks, o Ramalhette, e os brasileiros Castilho, Cabeção e Taffarel. O Yashin e o Castilho eram estabanados. O Barbosa tinha classe e elegância.

O Vasco da Gama sagrou-se “Campeão dos Campeões” no Chile em 1948, graças ao Barbosa, que defendeu um pênalti batido pelo Labruna. Na ocasião, 10 entre 10 entrevistados opinaram que o River Plate, então chamado de La Máquina, seria o campeão.

Meu principal propósito aqui é esclarecer o “frango” do Barbosa. O Ghiggia chutou, eu vi, mas quem fez o gol foi o Pavlov. Isto eu concluí vários anos depois de muito analisar e meditar. Para quem não lembra, Ivan Pavlov, foi um fisiologista russo, que em 1904 foi premiado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina. Ele estudou o reflexo condicionado. Os seus testes com ratos, gatos etc são famosos. Depois de uma sirene (campainha) e uma série de ofertas do alimento preferido, o animal ficava condicionado ao som.

E o Ghiggia o que fez? Ele e o Julio Perez, meia-direita da Celeste, atraíram o Bigode, lateral brasileiro, trocando passes. O Julio Perez lançava a bola para o Ghiggia, que vencia o Bigode na corrida e ia na linha de fundo cruzar para a área. Isto foi feito inúmeras vezes. Em uma delas, já no 2º tempo quando o Brasil vencia por 1x0, o Schiaffino, meia esquerdo uruguaio, empata o jogo. O condicionamento já estava evidente. Quando o Ghiggia, pela 1ª vez, chutou a bola direto para a meta, agora mais próximo da pequena área, o Barbosa se mexeu para interceptar o ESPERADO cruzamento, abriu o suficiente para a bola passar e atingir o fundo da rede. Uruguai, Campeão do Mundo, 2x1 Brasil.

Nas CNTP (Condições Normais de Temperatura e Pressão), o Barbosa jamais sofreria esse gol. Um verdadeiro frango.

PS: 1) Ainda em 1950, o Vasco foi a Montevidéu no fim do ano, jogar com o Peñarol. Resultado do jogo: Vasco com oito vice-campeões 3x0 Peñarol com 10 campeões mundiais. Dizem que o Barbosa defendeu um chute do Ghiggia cara a cara.

2) O Barbosa foi um injustiçado do futebol brasileiro. Foi até proibido de visitar a concentração brasileira em outras Copas.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.