crise na venezuela EUA sanciona seis militares da Venezuela por obstruir ajuda humanitária

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 01/03/2019 12:04 Atualizado em:

Entre os sancionados estão o comandante da Guarda Nacional Bolivariana e chefes de Defesa nos estados de Bolívar. Foto: Arquivo/AFP
Entre os sancionados estão o comandante da Guarda Nacional Bolivariana e chefes de Defesa nos estados de Bolívar. Foto: Arquivo/AFP
Os Estados Unidos sancionaram nesta sexta-feira (1/3) seis funcionários de segurança da Venezuela leais ao presidente Nicolás Maduro por obstruir a entrada de ajuda humanitária ao país no sábado passado.

 Entre os sancionados estão o comandante da Guarda Nacional Bolivariana, maior general Richard Jesús López Vargas; assim como Jesús María Mantilla Oliveros, comandante de uma unidade encarregada por Maduro para reforçar a segurança na fronteira com o Brasil, disse o Departamento do Tesouro.

As medidas também afetam os chefes de Defesa nos estados de Bolívar, fronteiriço com o Brasil, general Alberto Mirtiliano Bermúdez Valderrey; e Táchira, limítrofe com a Colombia, José Leonardo Noroño Torres.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.