crise na venezuela Morre no Brasil indígena venezuelano ferido em conflito perto da fronteira

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 28/02/2019 08:34 Atualizado em:

Foto: Raul ARBOLEDA / AFP
Foto: Raul ARBOLEDA / AFP
Um indígena venezuelano, ferido com arma de fogo em um violento confronto com a Guarda Nacional perto da fronteira, na sexta-feira, morreu na noite desta quarta (27) no Brasil, informaram autoridades locais.

Kliver Alfredo Pérez Rivero, de 24 anos, indígena pemón da comunidade Kumaracapay, no sul da Venezuela, estava dese a sexta-feira na unidade de cuidados intensivos do Hospital Geral de Roraima após ficar gravemente ferido no incidente violento.

Segundo o comunicado da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima, divulgado na noite desta quarta, Rivero foi o primeiro ferido nos conflitos na Venezuela a morrer depois de receber atendimento no estado, situado na fronteira com a Venezuela.

Pérez Rivero "teve lesão no tórax provocada por arma de fogo e no abdômen, com múltiplas lesões no fígado e no intestino. A causa da morte foi falência de múltiplos órgãos", especificou a nota.

Alfredo Pérez, de 48 anos, e Geber Pérez Rivero, de 21, respectivamente pai e irmão da vítima, também estão internados no mesmo hospital, após terem sido feridos no incidente. "Estamos muito mal, entre a cruz e a espada", disse por telefone à AFP, com a voz embargada, Antonio Vera, tio de Rivero, que se encontra na comunidade Kumaracapay, situada em San Francisco de Yuruaní - onde ocorreu o ataque -, a 83 km da fronteira.

A localidade é conhecida por ser o ponto de partida da excursão ao mítico monte Roraima. Muitos dos membros da comunidade são guias na caminhada, mundialmente famosa.

Os indígenas responsabilizam a Guarda Nacional Bolivariana por tê-los atacado na sexta-feira, em um incidente que deixou dezenas de feridos, dos quais 22 foram levados de ambulância para ser socorridos no Brasil.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.