declaração Advogado diz ao Congresso que Trump sabia de vazamento de e-mails democratas

Por: AE

Publicado em: 27/02/2019 13:33 Atualizado em:

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet
Michael Cohen, ex-advogado do presidente Donald Trump, disse nesta quarta-feira (27) em depoimento ao Comitê de Supervisão e Reformas da Câmara dos Representantes, que o presidente sabia do encontro de um de seus assessores, Roger Stone, com representantes do WikiLeaks durante a campanha presidencial de 2016.

Ele também entregou à Câmara três anos de dados das finanças do presidente e afirmou que um dos filhos de Trump lhe pagou de volta o dinheiro que ele usou para silenciar a atriz pornô Stormy Daniels sobre um relacionamento dela com o republicano. 

"Trump sabia da divulgação dos e-mails do Wikileaks antes de eles se tornarem públicos", disse Cohen. "Não sei se houve interferência russa na eleição, mas tenho minhas suspeitas."

À época, o WikiLeaks foi responsável pela divulgação de e-mails do Comitê Nacional Democrata, obtidos por hackers supostamente ligados ao governo russo. 

Cohen disse também que o filho do presidente, Donald Trump Jr. lhe pagou de volta o dinheiro que ele usou para comprar o silêncio da atriz pornô Stormy Daniels, que manteve relações sexuais com o presidente antes de ele assumir o cargo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.