internacional Três militares abandonaram postos na fronteira entre Venezuela e Colômbia

Por: Agência Estado

Publicado em: 23/02/2019 11:15 Atualizado em:


Autoridades colombianas disseram que três membros da Força Armada Nacional da República Bolivariana da Venezuela (FANB), guarda militar do país, abandonaram seus postos na fronteira do país com a Colômbia. Os militares faziam o bloqueio da região e se renderam a um grupo civil que tentava atravessar a fronteira. A FANB não se pronunciou sobre o assunto.

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, ordenou o fechamento da estrada para a ponte Simon Bolivar, que liga o país à Colômbia. Tropas de choque do governo impedem a passagem de civis pela região. Neste sábado, membros da oposição venezuelana lideram uma operação de entrega de cerca de 200 toneladas de alimentos e suprimentos médicos à população, após Maduro recusar a entrada de ajuda humanitária.

Há pouco, houve conflito na cidade fronteiriça de Ureña entre militares e civis, onde está prevista a entrada de assistência humanitária pela oposição ao governo Maduro. Moradores montaram uma barricada entre a ponte que liga a Colômbia e a Venezuela, para impedir o bloqueio da Força Nacional. Soldados reagiram com gás lacrimogêneo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.