Crise Venezuelanos feridos por soldados do país estão em estado grave, diz secretaria

Por: AE

Publicado em: 22/02/2019 22:09 Atualizado em:

Foto: Reprodução/Twitter (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Reprodução/Twitter
A Secretaria Estadual de Saúde de Roraima divulgou um balanço na noite desta sexta-feira (22), sobre os sete venezuelanos feridos após a Guarda Nacional Bolivariana abrir fogo contra civis que queriam atravessar a fronteira com o Brasil em uma comunidade indígena. Os sete estão em estado grave, sendo três em situação mais crítica.

São eles: Fidel Gabriel Pulido Fernandez, 36 anos; Geber Alfredo Perez Rivero, 21 anos; Kliver Alfredo Perez Rivero, 24 anos; Rolando Garcia Martinez, 52 anos; Alfredo Perez, 48 anos; Evencio Sosa, 44 anos; e Onesimo Rigoberto Fernandez, 48 anos. Ainda de acordo com a secretaria, cinco pacientes foram encaminhados ao Centro Cirúrgico da Unidade. Os outros dois estão em observação no Grande Trauma. Todos foram trazidos para Boa Vista em ambulâncias da própria Venezuela.

Além disso, dois venezuelanos foram atendidos no Hospital Délio Tupinambá, em Pacaraima. Eles tinham escoriações leves e já receberam alta.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.