crime Haiti anuncia prisão de estrangeiros com arsenal

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 18/02/2019 09:13 Atualizado em:

País enfrenta um período de forte instabilidade, com uma crise política e econômica profunda que provocou manifestações para pedir a renúncia do presidente Jovenel Moise. Foto: HECTOR RETAMAL / AFP
País enfrenta um período de forte instabilidade, com uma crise política e econômica profunda que provocou manifestações para pedir a renúncia do presidente Jovenel Moise. Foto: HECTOR RETAMAL / AFP
Sete estrangeiros e um haitiano foram detidos no domingo em Porto Príncipe em posse de um arsenal e foram acusados de "associação criminosa", anunciou a Polícia Nacional. "O grupo de oito homens é integrado por cinco cidadãos norte-americanos, um sérvio, um russo e um haitiano. Foram acusados de posse ilegal de armas e associação criminosa", afirmou um comunicado.

Os oito homens foram detidos no domingo perto de um posto de controle da polícia nas proximidades do Banco Central.

A polícia apreendeu seis fuzis, seis pistolas, várias munições, coletes à prova de balas, equipamento de telecomunicações, várias placas de automóveis e dois veículos.

O Haiti enfrenta um período de forte instabilidade, com uma crise política e econômica profunda que provocou manifestações para pedir a renúncia do presidente Jovenel Moise, que chegou ao poder há dois anos e se nega a renunciar ou ceder o poder a um governo de transição.

Sete pessoas morreram desde o início dos protestos em 7 de fevereiro.

A violência, barricadas e bloqueios das principais vias da cidade paralisaram as atividades na capital do país nos últimos 10 dias.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.