incidente Suspeita do incêndio em prédio em Paris estava chateada com um vizinho

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 05/02/2019 11:50 Atualizado em:

Foto: Benoît Moser/BSPP - Brigade de sapeurs-pompiers de Paris/ AFP
Foto: Benoît Moser/BSPP - Brigade de sapeurs-pompiers de Paris/ AFP
A mulher detida como suspeita do incêndio que deixou 10 mortos no prédio do 16º distrito de Paris teria agido por vingança depois de brigar mais uma vez com um vizinho. 

Segundo o promotor Rémy Heitz, a mulher, de cerca de 40 anos, apresenta "antecedentes psiquiátricos".

"Esta mulher foi interceptada na rua imediatamente após o incêndio, ela está sob custódia", disse o funcionário, que acrescentou que há uma investigação aberta para "fogo voluntário com (resultado de) mortes e ferimentos".

Uma policial disse, por sua vez, que a mulher havia sido "presa enquanto estava intoxicada e tentava queimar um veículo".

De acordo com informações coletadas pela polícia, a suspeita tinha um conflito permanente com um vizinho e iniciara uma nova briga durante a noite, a ponto de outras pessoas chamarem a polícia para intervir. 

Um jovem casal que morava no terceiro andar da propriedade danificada disse à AFP que ouviu uma discussão à noite, e o incêndio começou cerca de três horas depois.

No início, um homem gritou: "'Tem gente que precisa levantar cedo para trabalhar!' Ele falou algo sobre música, mas não ouvimos nada", contou o rapaz que se identificou como Clément.

Um pouco mais tarde, acrescentou, foi possível ouvir gritos altos de uma mulher no prédio. "Ela gritava muito, não parecia ter boas intenções", comentou.

A namorada de Clément, Nathalie, disse que "aparentemente, ela colocou folhas de papel sob a porta do vizinho e as incendiou, mas nós não vimos nada".

Pelo menos 10 pessoas morreram no incêndio, de uma violência incrível, segundo os bombeiros, que precisavam de seis horas de trabalho intenso para controlar as chamas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.