violência Atentado no Iêmen deixa sete mortos

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 29/01/2019 09:26 Atualizado em:

O país vive uma guerra civil desde 2015. Foto: Wikimedia Commons
O país vive uma guerra civil desde 2015. Foto: Wikimedia Commons
Sete civis, incluindo um jornalista, morreram e 20 ficaram feridos em um atentado na segunda-feira (28) à noite na cidade de Moja, sudoeste do Iêmen.

Um artefato acionado por controle remoto, colocado em uma motocicleta, explodiu em um mercado de um bairro de Moja que abriga acampamentos de militares da coalizão sob comando saudita que auxilia o regime iemenita na guerra contra os rebeldes huthis, que são apoiados pelo Irã.

Moja foi retomada dos huthis em julho de 2017 e é a base de lançamento das operações das forças pró-governo em direção ao norte, em particular contra a cidade portuária de Hodeida.

Entre os mortos está o cinegrafista Ziad Al Sharabi, da Abu Dhabi TV. Um jornalista da emissora, Faisal Al Zabhani, ficou ferido no ataque.

A guerra no Iêmen, iniciada há quatro anos, tem como protagonistas os huthis, que controlam uma parte do país, incluindo a capital Sanaa, e as forças pró-governo apoiadas pela coalizão árabe.

O confronto provocou a pior crise humanitária no mundo, segundo a ONU.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.