Negativa Trump diz que não dará anistia a imigrantes e volta a criticar Nancy Pelosi

Por: AE

Publicado em: 20/01/2019 11:14 Atualizado em:

Após os democratas rejeitarem o novo plano de Donald Trump, o presidente dos EUA afirmou que não dará anistia aos imigrantes ilegais já presentes no país e que sua oferta continua sendo uma extensão do programa em três anos. Trump também voltou a atacar a presidente da Câmara, Nancy Pelosi.

"Não, a anistia não faz parte da minha oferta. É uma extensão de 3 anos do DACA. A anistia será usada apenas em um negócio muito maior, seja na imigração ou em outra coisa. Da mesma forma, não haverá grande esforço para remover as 11 milhões de pessoas que estão aqui ilegalmente, mas tenha cuidado Nancy!", escreveu Trump em seu Twitter.

Daca é a sigla em inglês do programa Deferred Action for Childhood Arrivals, que concede autorização temporária para morar, trabalhar e dirigir nos EUA aos que entraram no país de forma ilegal quando eram crianças.

Ontem, Trump apresentou uma proposta na qual defende a liberação de US$ 5,7 bilhões para a construção de um muro ou barreira de aço na fronteira com o México em troca da proteção de três anos contra deportação de milhares de jovens que imigraram quando eram crianças para os EUA com seus pais sem status legal.

Trump também criticou o fato de os democratas rejeitarem seu plano antes mesmo dele fazer o anúncio. "Nancy Pelosi e alguns dos democratas recusaram a minha oferta ontem, antes mesmo que eu me levantasse para falar. Eles não veem crimes e drogas, só veem 2020 [eleição] - que não vão ganhar. Temos a melhor economia! Eles devem fazer a coisa certa para o país e permitir que as pessoas voltem ao trabalho", acrescentou.

Segundo Trump, em seu Twitter, "Nancy Pelosi se comportou de maneira tão irracional e foi tão longe à esquerda que agora se tornou oficialmente uma democrata radical. Ela é tão petrificada dos 'esquerdistas' em seu partido que ela perdeu o controle ... E a propósito, limpe as ruas de São Francisco, elas estão nojentas!", afirmou.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.