Atentado Ataque aéreo dos EUA na Somália mata 52 extremistas do grupo al-Shabab Não há relatos de norte-americanos mortos ou feridos

Por: Estadão Conteúdo - Estadão Conteúdo

Publicado em: 19/01/2019 16:45 Atualizado em:

As Forças Armadas dos Estados Unidos informaram ter realizado um ataque aéreo na Somália que matou 52 extremistas do al-Shabab em resposta a um ataque feito pelo grupo a forças somalis. A declaração do Comando da África dos EUA diz que o ataque aéreo ocorreu neste sábado, perto de Jilib, na região de Middle Juba.

Os EUA dizem que as forças somalis foram atacadas por um "grande grupo" de extremistas ligados à Al-Qaeda. A declaração não informa quantos militares somalis foram mortos ou feridos no atentado.

O Al-Shabab controla grandes partes do sul e centro da Somália e continua realizando ataques na capital, Mogadiscio, e em outros locais. O grupo reivindicou a responsabilidade pelo ataque a um luxuoso complexo hoteleiro na capital do Quênia na terça-feira. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.