julgamento EUA dizem que ação de tribunal chinês contra homem canadense é política

Por: AE

Publicado em: 16/01/2019 15:09 Atualizado em:

Foto: ANDREW CABALLERO-REYNOLDS / AFP
Foto: ANDREW CABALLERO-REYNOLDS / AFP
O Departamento de Estado dos Estados Unidos afirmou nesta quarta-feira (16) que a sentença de um tribunal chinês de condenação à morte de um homem canadense é "motivada politicamente". A declaração do porta-voz americano Robert Palladino aponta que o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e a ministra de Relações Exteriores canadense, Chrystia Freeland, conversaram na terça-feira e "expressaram suas preocupações sobre as detenções arbitrárias e condenações de cidadãos canadenses motivadas politicamente".

Um tribunal chinês condenou o canadense Robert Schellenberg à morte em um novo julgamento de um caso de contrabando de drogas na última segunda-feira. Freeland e o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, têm conversado com líderes mundiais sobre o caso de Schellenberg e os casos de dois canadenses presos na China em aparente retaliação à prisão da executiva Meng Wanzhou, da Huawei.

O Canadá prendeu a filha do fundador da Huawei a pedido dos EUA, que desejam que ela seja extraditada para enfrentar acusações de que ela enganou os bancos sobre os negócios da empresa no Irã. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.