Renúncia Ministro grego da Defesa renuncia por questão da Macedônia, Tspiras pede moção de confiança Partido conservador e nacionalista, o Gregos Independentes (Anel) é o principal aliado da coalizão de governo liderada por Tsipras

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 13/01/2019 10:17 Atualizado em:

O ministro grego da Defesa, o nacionalista Panos Kammenos, renunciou neste domingo (13), antes que o Parlamento se pronuncie sobre o novo nome da Macedônia.

"A questão macedônia não me permite não sacrificar meu cargo" de ministro, declarou Kammenos, após se reunir com o primeiro-ministro Alexis Tsipras. 

"Agradeci ao primeiro-ministro por sua cooperação e lhe expliquei que, devido a esta questão nacional, não podemos continuar. Os Gregos Independentes vão deixar o governo", acrescentou.

Partido conservador e nacionalista, o Gregos Independentes (Anel) é o principal aliado da coalizão de governo liderada por Tsipras. O Anel conta com sete deputados no Parlamento.

Na sequência, o premiê Tspiras pediu ao Parlamento grego que organize "imediatamente" uma votação de confiança sobre seu governo.

"Vamos proceder imediatamente à renovação da confiança no nosso governo [com uma votação] no Parlamento para resolver as principais questões do nosso país", disse o primeiro-ministro, após aceitar a renúncia de Kammenos.

Tsipras designou o almirante Evangelos Apostolakis como sucessor de Kammenos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.