Crise Políticos alemães criticam escritório de segurança da informação após vazamento Vários congressistas disseram que o órgão falhou em informar os políticos afetados quando souberam do vazamento

Por: AE

Publicado em: 05/01/2019 11:07 Atualizado em:

A chanceler alemã Angela Merkel teve seus seus dados vazados.  Foto: Hermann Bredehorst / OECD Berlin
A chanceler alemã Angela Merkel teve seus seus dados vazados. Foto: Hermann Bredehorst / OECD Berlin

O Escritório Federal de Segurança da Informação da Alemanha está sofrendo críticas por sua resposta ao vazamento massivo de informações particulares de políticos e celebridades. Vários congressistas disseram que o órgão falhou em informar os políticos afetados quando souberam dos vazamentos.

O deputado do Partido Social Democrático (SPD, na sigla em alemão) Jens Zimmermann disse ao jornal Handelsblatt que foi "extremamente insatisfatório" que alguns parlamentares tenham descoberto sobre o vazamento pela imprensa.

Autoridades estão investigando como os dados, que incluem endereços, números de telefone, conversas e números de cartão de crédito, foram obtidos e por quem. 

O chefe do gabinete, Arne Schoenbohm, disse que o órgão foi alertado sobre casos isolados de vazamentos em dezembro, mas uma escala maior só se mostrou na última quinta-feira. Fonte: Associated Press.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.