Trump e democratas estão distantes de acordo sobre paralisação, diz Casa Branca Os comentários da porta-voz vão ao encontro da posição do futuro chefe de gabinete da Casa Branca, Mick Mulvaney

Por: Agência Estado

Publicado em: 28/12/2018 22:18 Atualizado em:

foto: Saul Loeb/AFP )
foto: Saul Loeb/AFP )
A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, afirmou nesta sexta-feira (28/12) que os democratas e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, estão "muito distantes" de chegar a um acordo para encerrar a paralisação parcial da máquina pública federal americana, indicando que o "shutdown" pode continuar por algum tempo. Em entrevista à rede de TV americana CBS, Sanders disse que os democratas "deixaram a mesa todos juntos, então é claro que estamos muito distantes de um acordo".

Os comentários da porta-voz vão ao encontro da posição do futuro chefe de gabinete da Casa Branca, Mick Mulvaney, que fez reclamações contra os democratas ao dizer que os opositores ignoraram uma oferta do governo para reduzir os níveis de financiamento exigidos por Trump para a construção de um muro na fronteira com o México. Anteriormente, o presidente havia exigido US$ 5 bilhões para a barreira.

Mulvaney disse que a oferta foi feita no sábado. "Não há um único democrata que converse com o presidente sobre um acordo. Nós esperamos que o desligamento parcial do governo continue por um tempo", disse. Ele ainda comentou que, com o "shutdown", Trump deve permanecer em Washington durante o ano-novo, e não mais viajará para a Flórida.

Após as críticas feitas por Mulvaney e Sanders, a liderança democrata também se manifestou e disse que se manterá firme contra o financiamento à construção do muro. Drew Hammill, porta-voz da líder democrata na Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, disse que os democratas não irão financiar uma barreira "imoral, ineficaz e cara". Hammill afirmou que os democratas estão esperando que Trump endosse publicamente uma proposta que encerre a paralisação "porque ele mudou de posição muitas vezes". Fonte: Associated Press. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.