Tensão Presidente do México opta por 'prudência' após ameaça de Trump de fechar fronteira "Não queremos ser imprudentes, não consideramos que devamos participar desse assunto", ressaltou López Obrador

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 28/12/2018 11:25 Atualizado em:

Presidente do México no palácio legislativo. Foto: Jonathan Miranda/Presidencia de la República
Presidente do México no palácio legislativo. Foto: Jonathan Miranda/Presidencia de la República
 
O presidente de México, Andrés Manuel López Obrador, descartou nesta sexta-feira opinar sobre a ameaça do presidente americano, Donald Trump, de fechar a fronteira comum ao assegurar que não quer "ser imprudente".

"Nós temos atuado com prudência, de maneira cautelosa, não comentamos a questão porque é uma questão interna dos Estados Unidos", disse o presidente em sua entrevista coletiva matinal.

"Não queremos ser imprudentes, não consideramos que devamos participar desse assunto", acrescentou, após ser questionado sobre a ameaça do presidente dos Estados Unidos.

Mais cedo, Trump ameaçou no Twitter fechar a fronteira com o México, a menos que o Congresso aprove fundos para financiar um muro de fronteira, em meio a uma discussão que levou o governo dos EUA a parar parcialmente.

"Seremos forçados a fechar completamente a fronteira sul se os democratas obstrucionistas não nos derem dinheiro para acabar o muro e não mudarem as ridículas leis de imigração", escreveu Trump em sua conta no Twitter.

Trump também disse que o fechamento da fronteira seria "uma operação lucrativa", garantindo que seu país perde dinheiro no comércio com o México sob o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA), que foi recentemente renegociado.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.