renúncia nos eua Trump diz que aliados 'não irão tirar proveito' dos EUA, após saída de secretário de Defesa Auxiliar do presidente deixou o cargo devido ao retorno das tropas americanas enviadas à Síria

Publicado em: 24/12/2018 14:29 Atualizado em: 24/12/2018 14:36

Trump já está na segunda metade de seu mandato, com final em novembro de 2020 (Foto: Agência Brasil)
Trump já está na segunda metade de seu mandato, com final em novembro de 2020 (Foto: Agência Brasil)
O presidente americano, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (24) que os aliados "não irão se aproveitar" dos Estados Unidos, disparando na direção do secretário de Defesa, Jim Mattis, que renunciou ao cargo devido ao retorno das tropas americanas enviadas à Síria.

Trump voltou à carga no Twitter após as críticas que recebeu por sua decisão de retirar as tropas americanas que atuavam na Síria contra o grupo Estado Islâmico, e negou as acusações de que estaria rejeitando os aliados.

Trump destacou, no entanto, que "estes mesmos países se aproveitam de sua amizade com os Estados Unidos". "Estamos subsidiando substancialmente os militares de muitos países MUITO ricos, enquanto, ao mesmo tempo, estes países se aproveitam totalmente dos Estados Unidos e dos nossos CONTRIBUINTES, no âmbito do comércio", afirmou.

"O general Mattis não viu isto como um problema. EU, SIM. Os ESTADOS UNIDOS SÃO RESPEITADOS NOVAMENTE", tuitou.

Mattis, general reformado, era considerado uma voz moderada ante o impulsivo presidente, e, em sua carta de demissão, na semana passada, destacou a necessidade de se respeitar os aliados de Washington. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.