Recorde Importações da China devem superar US$ 2 trilhões em 2018 Os dados alfandegários mostraram que as importações chinesas aumentaram 14,6% em termos anuais nos primeiros 11 meses, e contribuíram para mais de 60% do crescimento do comércio exterior

Por: Agência Brasil

Publicado em: 23/12/2018 16:33 Atualizado em:

Galeria de lojas na cidade chinesa de Ywu. Foto: Ana Cristina Campos/Arquivo Agência Brasil
Galeria de lojas na cidade chinesa de Ywu. Foto: Ana Cristina Campos/Arquivo Agência Brasil
As importações totais da China poderão superar US$ 2 trilhões este ano, batendo novo recorde. Song Xianmao, vice-diretor do Departamento de Comércio Exterior do Ministério do Comércio, fez as declarações em uma reunião comercial realizada nessa sábado (22), destacando que múltiplas medidas serão tomadas para expandir ainda mais as importações no próximo ano.

Em 2018, a China baixou as tarifas para uma variedade de produtos, que vão desde medicamentos a veículos, com o nível geral de impostos caindo de 9,8% para 7,5%.

Os dados alfandegários mostraram que as importações chinesas aumentaram 14,6% em termos anuais nos primeiros 11 meses, e contribuíram para mais de 60% do crescimento do comércio exterior.

Para manter a tendência estável, o departamento prometeu fazer esforços para fortalecer a qualidade do comércio no próximo ano.

A segunda exposição de importação, programada para 2019, vai gerar mais oportunidades para os importadores, e medidas estão sendo preparadas para incentivar a importação de tecnologia avançada, produtos agrícolas, bens de consumo e serviços, detalhou Song, acrescentando que tarifas mais baixas também poderão ser esperadas, além de despacho aduaneiro mais fácil e políticas melhoradas sobre a importação de automóveis.

*Com informações da Xinhua, agência pública de notícias da China


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.