Acordo FMI aprova repasse de US$ 7,6 bilhões para Argentina O dinheiro faz parte do programa de socorro solicitado por Buenos Aires para enfrentar a crise econômica

Por: Agência Brasil

Publicado em: 19/12/2018 19:47 Atualizado em:

Foto: Daniel Vide/Noticias Argentinas/AFP
Foto: Daniel Vide/Noticias Argentinas/AFP
A diretoria executiva do Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou  nesta quarta-feira (19) o repasse do empréstimo para a Argentina, no valor de US$ 7,6 bilhões. O dinheiro faz parte do programa de socorro solicitado por Buenos Aires para enfrentar a crise econômica. Este é o terceiro repasse este ano.

Em troca do plano de ajuda, o FMI impôs uma série de exigências econômicas que incluem cortes para reduzir o déficit a zero em 2019.

O governo do presidente da Argentina, Mauricio Macri, fechou o acordo em junho por um período de 36 meses, no momento em que o país vivia uma crise econômica com inflação descontrolada acima de 40%.

Para estabilizar a moeda, o Banco Central decidiu, a partir de outubro, estabelecer um sistema de bandas de flutuação e manter a base monetária constante até junho de 2019.

Segundo as previsões do FMI, a economia argentina vai contrair 2,6% em 2018 e 1,6% em 2019.

*Com informações da Andina, agência pública de notícias do Peru.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.