Igreja Papa critica consumismo de Natal 'A máquina publicitária convida a sempre trocar presentes novos para fazer surpresas. Mas esta é a festa que agrada a Deus?', questionou o pontífice

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 19/12/2018 09:34 Atualizado em:

Foto: Mazur/catholicnews.org.uk
Foto: Mazur/catholicnews.org.uk
O papa Francisco recordou, nesta quarta-feira (19), que o Natal, que comemora o nascimento de Jesus na tradição cristã, não pode ser resumido "a uma bela festa tradicional" e ao "barulho do consumismo".

"A máquina publicitária convida a sempre trocar presentes novos para fazer surpresas. Mas esta é a festa que agrada a Deus?", questionou o papa aos fieis em sua tradicional audiência de quarta-feira. 

"O Natal é preferir a voz silenciosa de Deus ao barulho do consumismo", definiu o líder de cerca de 1,3 bilhão de católicos em todo o mundo.

"Se o Natal se limitar a uma bela festa tradicional, onde nós temos um lugar central e não Ele, será uma oportunidade perdida. Por favor, não transformem o Natal em um evento mundano!", recomendou. 

"Hoje em dia, corremos como nunca durante o resto do ano", disse ele, julgando esse frenesi contrário a um sentimento religioso.

"Não será Natal se procurarmos os brilhantes vislumbres do mundo, se nos empanturrarmos com presentes, almoços e jantares, mas nem sequer ajudarmos um pobre", acrescentou.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.