Polêmica Secretário do Interior dos EUA diz em carta que sofreu 'ataques perversos' Ele citou alegações "sem mérito e falsas", e disse que "para alguns, a verdade não importa mais".

Por: AE

Publicado em: 15/12/2018 15:57 Atualizado em:

O secretário do Interior dos Estados Unidos, Ryan Zinke, disse em sua carta de demissão, obtida pela Associated Press, que "ataques perversos e politicamente motivados" a ele e à família dele "criaram uma infeliz distração" para o cumprir a missão da agência.

Zinke enfrenta investigações a respeito de suas viagens, atividades políticas e possíveis conflitos de interesse. Segundo membros do comitê de Recursos Naturais da Câmara dos Deputados dos EUA, o comitê não pretende abandonar as investigações relacionadas a Zinke, mesmo após ele deixar o cargo. 

O presidente norte-americano Donald Trump anunciou neste sábado, pelo Twitter, que Zinke sairia do governo no fim do ano.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.